Síndrome Pré-Menstrual ou TPM

Síndrome Pré-Menstrual

 

Introdução
A Síndrome pré-menstrual é um conjunto de sintomas físicos, psicológicos e emocionais que muitas mulheres experimentam durante as duas primeiras semanas antes do período menstrual. 

Estes sintomas desaparecem após o começo da hemorragia menstrual. Foram propostas várias teorias para explicar como a SPM acontece. A explicação mais popular para SPM é que estes sintomas estão relacionados a mudanças cíclicas nos hormônios femininos, hormônios da hipófise (glândula localizada dentro do cérebro), prostaglandinas e certas substâncias químicas do cérebro conhecidas como neurotransmissores. 

desesperacionwf9.jpg

Outras possíveis explicações para SPM incluem a hipoglicemia (nível anormalmente baixo de açúcar no sangue), hipotiroidismo (níveis anormalmente baixos de hormônios tiroidianos) e uma dieta com baixo teor de vitaminas do complexo B, cálcio ou magnésio. 

Mulher com tensão pré-menstrual

Além da dieta e dos níveis hormonais alterados, o estilo de vida e o stress também podem desempenhar um papel significativo na SPM. Os sintomas da SPM parecem ser mais incômodos em mulheres que fumam, que têm vidas estressantes, que raramente se exercitam, que dormem pouco ou que a dieta é rica em cafeína, álcool, sal, carne vermelha ou comidas “açucaradas” como chocolate e doces. É possível que certos medicamentos possam aumentar os sintomas da SPM. Sabe-se que os contraceptivos orais podem produzir sintomas da SPM em algumas mulheres. Em contrapartida, algumas mulheres notaram que seus sintomas melhoram ou desaparecem quando elas usam pílulas anticoncepcionais.

Metodos anticoncepcionais tabelinha
Há evidências que a SPM é ligeiramente mais freqüente em mulheres negras (afetando uma em cada 10) que em mulheres brancas (uma em cada sete) ou mulheres de outras raças (uma em cada 25).

Existia, em anos recentes, controvérsias na comunidade médica sobre a diferença entre “desconforto pré-menstrual” e a verdadeira SPM. 

Isto é porque o desconforto pré-menstrual é bastante comum entre mulheres na época da amamentação, afetando aproximadamente 75 por cento de todas mulheres na menstruação. 

Porém, só aproximadamente 3 a 8 por cento das mulheres têm sintomas que são severos o bastante para atrapalhar suas relações pessoais ou interferir em seu trabalho regular e nas responsabilidades de casa. 

Alguns médicos acham que somente estas mulheres – a pequena porcentagem que tem sintomas severos – sofram de SPM verdadeira. Estes médicos consideram a SPM como uma doença severa que é equivalente a que os psiquiatras chamam de Desordem Distônica Pré-menstrual. 

Porém, outros médicos usam uma definição menos estrita para a SPM que inclui sintomas de médios a moderados.
Quadro Clínico
Os sintomas da SPM se dividem em duas categorias gerais:
·       Sintomas Físicos (somáticos). Inchaço, sensibilidade nas mamas, inchaço nos pés e nos tornozelos, retenção de líquidos, ganho de peso, cólicas uterinas muito dolorosas justamente antes e durante os primeiros dias da menstruação, dores de cabeça, desejos por comidas extravagantes (especialmente para comidas salgadas ou doces), erupção de acnes, indisposição ou fadiga, palpitações, vertigem, dor nas costas ou nos músculos.

·       Sintomas Psicológicos e Emocionais (afetivos). Flutuações do humor, irritabilidade, depressão, hostilidade ou agressividade, crises de choro, dificuldade para se concentrar, mudanças na libido.
Embora os sintomas específicos de SPM variem de mulher para mulher, as três reclamações que parecem ser mais importantes são a irritabilidade, as dores nas costas ou musculares, e o inchaço.

tpm
Diagnóstico
Seu médico irá lhe perguntar por seus sintomas de SPM, o momento de aparecimento destes sintomas em relação a seu período menstrual e a regularidade deles (todos os meses, a cada dois meses, etc.). 

Seu médico também perguntará pela qualidade geral de sua vida. As perguntas podem incluir:
·       Você tem se sentido realmente estressada ultimamente?
·       Você está tendo dificuldades no relacionamento com seu marido, familiares ou colegas de trabalho?
·       Você fica assim tão apressada que dorme mal e perde o horário das refeições?
·       Você vive uma vida sedentária com poucos exercícios?
·       Você fuma?
·       Você bebe álcool ou toma muito café?
·       Sua dieta tem incluído carne vermelha, salgadinhos ou doces em excesso?
Depois de perguntar por seus sintomas de SPM e seu estilo de vida, seu médico procurará conhecer sua história clínica e perguntará sobre os medicamentos que você faz uso. 

A seguir, ele fará um exame físico completo, inclusive um exame de toque e o papanicolau. 


Embora nenhum achado físico sozinho possa confirmar o diagnóstico de SPM, um exame físico completo pode ajudar a descartar outros problemas clínicos, como o hipotiroidismo ou um tumor de mamacérebro ou ovários

De um modo semelhante, embora nenhum único exame de laboratório possa confirmar que você tenha SPM, os exames de sangue podem descartar problemas médicos como hipoglicemia ouhipotiroidismo, ou outros problemas hormonais como causa de seus sintomas. 

Se não há nenhum achado do exame físico positivo e os resultados laboratoriais são normais, seu médico pode lhe pedir que mantenha um registro diário de seus sintomas de SPM durante dois ou três meses. 

Este registro incluirá o tipo de sintomas, a severidade deles, a duração e freqüência de seus períodos menstruais e uma descrição de qualquer stress em especial que afete sua vida. 

Uma vez este registro de três meses esteja completo, seu médico poderá rever as informações que você coletou. Se seus sintomas seguirem um padrão que seja consistente com SPM, então isto ajudará a estabelecer o diagnóstico.
Geralmente os sintomas pré-menstruais devem ficar ausentes durante aproximadamente duas semanas, logo após o começo da menstruação até a próxima ovulação (na metade do ciclo menstrual), para confirmar o diagnóstico de SPM.
Prevenção
Como os médicos não estão precisamente seguros da causa da SPM, não há nenhum modo conhecido para se prevenir dela. Porém, você pode aliviar alguns sintomas da SPM cultivando um estilo de vida mais saudável.
Tratamento
O tratamento de PMS depende da severidade e do tipo de sintomas, e do quanto eles incomodam. Por exemplo, se seus sintomas são moderados e não interferem com sua vida diária ou nas relações pessoais, então seu médico pode sugerir que você tente uma ou mais das mudanças de estilo de vida seguintes:
·       Comece um programa de exercícios regulares (três a cinco sessões de exercício por semana).


·       Não perca o horário das refeições. Siga um horário de refeição fixo para evitar episódios de hipoglicemia (baixa quantidade de açúcar no sangue).
·       Faça uma dieta balanceada que tenha baixo teor de açúcar.

·       Tente fazer uma boa noite de sono. Evite ficar acordado toda a noite.

·       Se você fuma, deixe de fumar.

deixar-fumar
·       Consuma menos cafeína, álcool, carne vermelha e comidas salgadas.

grãos de café
·       Pratique técnicas para reduzir o stress. Tome banhos longos e agradáveis, ou tente meditação (Terapia Reiki p.ex.).

linda-mulher06
Seu médico também pode sugerir que você tome suplementos de vitamina B6, cálcio ou magnésio. (Sempre siga a dosagem recomendada pelo médico).

Se seus sintomas são de moderados a severos e interferem com suas atividades diárias normais, seu médico provavelmente irá prescrever medicamentos indicados para aliviar sintomas específicos. 

Por exemplo, se você está preocupada com o inchaço e o ganho de peso, então seu médico pode prescrever um diurético para ajudar a eliminar a água em excesso em seu corpo. 

Se a reclamação principal é a de que a mama está muito sensível, então seu médico pode prescrever um medicamento chamado Bromocriptina (Parlodelâ) para abaixar seus níveis de prolactina (um hormônio ligado à sensibilidade da mama). 

Podem ser usados anticoncepcionais orais, especialmente aqueles que contêm estrogênio, para minimizar a severidade das cólicas e a duração de seu ciclo.
Se você tiver sintomas de irritabilidade, afastamento social, acessos de raiva ou depressão que interfiram com seu trabalho, com as responsabilidades de casa ou suas relações pessoais, então seu médico pode sugerir que você tome um medicamento antidepressivo. 

Estes medicamentos provaram ser efetivos no alívio destes sintomas. Os antidepressivos mais efetivos por aliviar a SPM são os inibidores seletivos da recaptação da serotonina (ISRSs), que incluem a Fluoxetina (Prozac), o Cloridrato de Sertralina(Zoloft) e o Cloridrato de Clomipramina (Anafranil). 

Estes podem ser tomados nas duas semanas antes de cada período menstrual ou podem ser tomados diariamente.
Para os sintomas muito severos, ou quando outros medicamentos falharem, seu médico pode prescrever um medicamento que faz os ovários pararem de produzir estrogênio de forma que interrompa a ovulação. 

Estes medicamentos só podem ser usados durante períodos curtos de tempo. Eles geralmente conduzem a fogachos (flashes de calor) e outros sintomas da menopausa. 

Se o tratamento precisar ser continuado por mais de seis meses, você também terá que tomar estrogênio para prevenir a perda de osso (osteoporose). Se seus sintomas são moderados ou severos, sempre ajuda ter sua família por dentro do problema e te apoiando, enquanto você está sendo tratada da SPM. Por isto, seu médico irá te encorajar a falar francamente com seus familiares sobre seus sintomas e seu tratamento de SPM.
Qual médico procurar?
Procure seu ginecologista se seus sintomas pré-menstruais estiverem causando angústia significativa e passa a ser incômoda, se eles dificultam sua vida diária, ou se eles interferem com suas relações pessoais. Se você pensa que está em perigo de causar problemas maiores a você ou aos outros, procure seu médico e peça ajuda.
Prognóstico
Na maioria das mulheres, os sintomas de SPM começam a aparecer depois dos 35 anos de idade e terminam com a menopausa. Para mulheres que requerem tratamento com medicamentos, os resultados são bem efetivos.
Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: